Titanic

Você já foi meio enlouquecido por algum filme, alguma banda e etc.
Eu tinha 15 anos quando estreou Titanic. E fiquei meio obcecada pelo filme. Obcecada é uma palavra até suave, já que não rolava internet, então era meio que uma caça ao tesouro. Eu ia praticamente todo dia na banca de jornal, verificar se saiu algo novo sobre o filme. Não tinha muita grana, mas o pouco que eu tinha, torrava com revistas e jornais em que o filme aparecia. Podia até ser uma notinha pequeninha.
E ai que eu fiz uma pasta na época, e tinha maior orgulho. Lembro que para tirar de casa e levar na escola para mostrar pras colegas, eu fiz um levantamento das revistas pra não voltar pra casa sem alguma. #crazy

A pasta basicamente era de Revistas e mais Revistas:

Ah rolava uns recortes de Jornal também!

O CD é 90% instrumental.
E realmente eu escutava ele INTEIRO.

Que loucura né?!

Mas o Leonardo DiCaprio aprova tá:

Na época qualquer adulto que ia no cinema assistir o filme, tinha que me levar junto. Tanto que eu assisti 5 vezes no cinema. Só não vou assistir essa nova versão no cinema, pq eu detesto filme 3D.

E aí que fizeram uma brincadeirinha com o trailer da versão 3D:


Trilha Sonora:


Por hoje é só pessoal:

Anúncios

Comercial HP – The Cure – Pictures Of You

Tocou no rádio essa música do The Cure, e a primeira coisa que surgiu na minha mente foi exatamente esse comercial. Isso quer dizer que uma galera, pesquisou, pensou muito e fizeram um bom trabalho. Já que né, o comercial foi lançado em 2o04!
Esse comercial sempre me fazia suspirar. A pessoa sentou para criar esse comercial e pensou, estamos falando de fotografia e da arte de fotografar. Que música usar?

The Cure com Pictures Of You. Claro! Óbvio! Né!

 

Segundo o blog Mundo das Marcas esse comercial não ganhou só essa música fofa The Cure, essa propaganda foi embalada por outras músicas: “Picture Book” (The Kinks), “Out of the Picture” (The Robins), “The Rainbow” (The Apples in Stereo), e “Across the Universe” (The Beatles).

 

 

Jogos Vorazes (The Hunger Games)

Fui assistir Jogos Vorazes sem saber o que era. Eu tava morando em MARTE e não sabia que se tratava de um livro, muito menos que era uma trilogia. Mas o trailer no horário do Jornal Nacional me ganhou de uma forma que eu precisei assistir no primeiro domingo de estreia do filme. Fui num horário estratégico (Jogo do Corinthians na TV), não peguei filas e saí saltitante do cinema. Quase me sentindo uma Katniss.

Tudo acontece num futuro distante , nos Estados Unidos, onde a população é dividida por distritos e dominada por um regime totalitário. E o bicho pega quando o governo decide criar um jogo transmitido para toda a população que coloca um time de adolescentes na selva para se matarem até um só sobreviver e virar o grande ganhador.

A protagonista da história é a jovem gladiadora, mestre do arco e flecha, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence), a melhor amiga do Gale Hawthorne (Liam Hemsworth).

Ela acaba se voluntariando para participar dos jogos vorazes quando a irmã menor dela é escolhida para lutar. “Eu vou no lugar dela!”, diz a garota moradora do Distrito 12, que acaba indo competir na selva com toda uma galera de outro distrito e sempre ao lado de Peeta Mellark (Josh Hutcherson), o filho do padeiro do mesmo distrito em que ela vive. bypapelpop

Trailer:

E aí que o Gabe cresceu e superou a Rosemary. Agora ele grita pelo amor de Katniss. HA HA HA que piada engraçada.

Ah e tem Lenny Kravitz também no filme. E eu passei o filme todo pensando: Nossa, esse ator é a CARA do Lenny Kravitz.

TRILHA SONORA

E aí que algumas vezes eu curto tanto o filme, mas tanto que eu meio que esqueço da trilha sonora. Eu até reparo, mas o filme me deixa tão absurdamente impressionada com a história, os cenários e etc, que fico por lá totalmente impressionada com tudo aquilo e eu esqueço que rola uma trilha sonora de fundo. E pareço uma boboca mesmo, pq eu literalmente fico de boca aberta.
Aí estava escutando Alternativa KissFm e o meu querido Titio Marco Antonio, comentou que a trilha sonora de Jogos Vorazes estava batendo recordes. Tentei lembrar da trilha sonora, e nada. Tive que puxar e ficar maravilhada novamente pelo filme.
Que trilha fofura, minha gente. E tá aí o grooveshark que não me deixa mentir, ele já colocou “notinhas” falando que eu estava obcecada por duas músicas da trilha. E estou mesmo… tá no repeat faz um tempo já. Tá…tá… uma das músicas é da Taylor Swift. Mas olha, se até o Jake Gyllenhaal já deu uns pegas na moça, isso significa que ela deve ter alguma coisa legal váh! E a música é fofinha. #prontofalei
A outra música que eu estou obcecada é da Neko Case. Eu já conhecia a Neko pq tocou na série The Killing, então fiquei mega feliz de escutar o vozeirão da muié na trilha também.