Tudo Pode Dar Certo (Whatever Works)

28 jul

whatever works

Boris Yellnikoff: That’s why I can’t say enough times, whatever love you can get and give, whatever happiness you can filch or provide, every temporary measure of grace, whatever works.

Trailer:

Diálogos Aleatórios – Desculpas

19 jul

-Preciso de sua ajuda. Você é boa nisso. Tem uma menina me enchendo o saco pra sair com ela agora e num quero. Qual desculpa eu dou?

-Vamos lá: 1ª preciso ficar em casa porque o cara da net agendou para as 22h. 2ª o portão automático não funciona porque acabou a energia. 3ª você não vai acreditar, mas o entregador de pizza veio aqui e recebeu uma ligação da mulher dele falando que ia fugir com seu melhor amigo. Estou aqui no portão, eu, ele, a pizza… tentando fazer o cara parar de chorar. Continuo?

-Sim! Está muito forçada. Preciso de uma que ela acredite.

-Diga que você precisa de um tempo para refletir sobre a relação de vocês. Um tempo sozinho.

-Num tem relação! A mina encanou na minha do nada.

-Bem mais fácil ainda então.Pode falar que você prefere ficar conversando comigo do que sair com ela.

-Num quero magoar a menina. Até porque num quero sair hoje, mas sexo a gente num recusa pra sempre.

-Depende

-Depende de quê?

-vários fatores. DST, por exemplo

-desculpa mãe.

Biscoito um, dois, três

29 jun

bicoito123 copy

Eu acompanho alguns blogs de culinária, mas o lance é que alguns são tão simpáticos que eu já me acho a amiga de casa do dono (a) do blog. É o caso do blog Moldado Afeto, nunca vi e nem falei pessoalmente com o Gui, mas já me sinto sua best friend forever. Seus post são sempre uma doçura sem igual, mesmo quando ele faz algo salgado =) E a maioria das receitas são simples de se fazer.
Esses biscoitinhos são super descomplicados e como o próprio nome diz você só utiliza 3 ingredientes.  O mais legal é que você não precisa esperar a manteiga ficar na temperatura ambiente para fazer a receita, você usa ela gelada mesmo (pessoas hiperativas agradecem). Eles ficam crocantes com aquela textura maravilhosa de biscoito amanteigado.

Biscoito um, dois, três

• 100g de açúcar
• 200g de manteiga sem sal
• 300g de farinha de trigo
• corante em gel (opcional)

Modo de Preparo:

Misture todos os ingredientes. Se você for utilizar o corante, adicione aos poucos na massa e conforme você vai amassando, verifique a cor que está ficando. Quando ficar bem misturado (homogêneo), coloque em um saco plástico e leve à geladeira por cerca de meia hora, para a massa ficar mais firme. Unte e enfarinhe 3 assadeiras grandes. Para moldar: o jeito clássico desse biscoito é simplesmente fazer um rolo com a massa e cortar com a faca círculos de mais ou menos 5 mm de espessura. Ou você pode abrir a massa com um rolo de macarrão (é bom enfarinhar a bancada e o rolo) e utilizar cortadores de biscoito com formato bonito. Leve para assar em forno a 180ºC por cerca de 10 a 15 minutos. Não demora mais que isso, tome cuidado pois queimam com facilidade.

Obs.: a receita rende muitoooooos biscoitinhos.

Receita original aqui:
http://moldandoafeto.com/2011/08/08/biscoito-um-dois-tres/

Seven – Os Sete Crimes Capitais (Seven)

28 jun

seven_ver1

David Mills: What’s in the box?

Trailer: 

Toddy Cookie

27 jun

Cookie Toddy

A Toddy soltou no mercado um cookie,  super crocante e com gotas de chocolates verdadeiras. Viu, Bauducco!
Vamos as minhas considerações: Sabe aqueles cookies secos, sem sabor e que esfarela facilmente. Então esqueça tudo isso. O cookie da Toddy consegue ser molhadinho (ui!), com um sabor na medida certa do doce, tem muito chocolate, é super crocante e não esfarela em milhões de pedacinhos. As gotas de chocolate, são outra página do livro. Elas são verdadeiras e algumas são enormes. Claro que não é um padrão no pacotinho, você vai pegar um cookie meio infeliz no chocolate… mas aí você morde e as gotinhas estão lá dentro.
Agora sobre a imagem do produto lindo da embalagem versus o produto real, dá para relevar, já que eles compensam no sabor delicioso do biscoito.
Você encontra o pacotinho de 60g ou 150g. O que eu encontrei foi o de 60gr, e paguei R$1,50. E o pacotinho é na medida certa para aplacar aquela fome de doce.
Se for para comparar mesmo… o cookie é tipo um Rodrigo Hilbert em formato de cookie.

Imagem036

O que fazer depois de comer esse cookie maravilhoso?
Faça que nem o moço incrível do gif, dance!!!

Diálogos Aleatórios (Participativa)

26 jun

- você foi pra ruas?

- eu? Com meu 1,47 de altura e mongolóide.

- risos!

- E eu passo por baixo da catraca. Tum Tum Tzzz! E vc foi?

- não, mas se me pedirem pra ajudar a derrubar os sites da globo e afins, tô dentro.

- olha, só hackeio se for o fuxico, para virar subcelebridade por um dia.

Vicky Cristina Barcelona (Vicky Cristina Barcelona)

25 jun

vicky_cristina_barcelonaCristina: I’ll go to your room, but you’ll have to seduce me.

Trailer:

 

As Crônicas de Gelo e Fogo – George R. R. Martin

24 jun

gameofthrones

Eu não tenho vergonha de assumir que ler As Crônicas de Gelo e Fogo não é uma tarefa fácil.
Os livros são enormes, pesados (tem que ter habilidade pra carregar por ae), tem detalhe pra caramba, tem muita gente, tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo agora. Então a leitura é coisa séria, não é que nem Marian Keyes que eu leio assistindo TV. As Crônicas de Gelo e Fogo requer o máximo de atenção.
Então vou fazer tipo um tutorial de material de apoio para leitura. Para você que assim como eu, precisa de outras coisas, além do livro, para a leitura ficar mais prática.

Dica 1: Site: Game OF Thrones Brasil
Site brasileiro sobre tudo que envolve a série: Desde livros, a série da tv e até jogos! Dentro do site rola um Wiki, que ajuda e pacas quando você não lembra quem é tal personagem, se entender com os caminhos e a historinha das casas. Sem falar que a galera que administra e escreve no site são mega simpáticos e atenciosos.
Site: www.gameofthronesbr.com
Wiki: http://wiki.gameofthronesbr.com/index.php/P%C3%A1gina_principal

Dica 2: Entendendo Game Of Thrones com OmeleteTV
A Carol já é mega legal explicando maquiagem, e aqui ela conseguiu explicar de uma forma simples e descomplicada sobre: Wargs, visão verde, a muralha, a patrulha da noite e os selvagens. Peninha que são só dois vídeos =/
Tem Spoiler para quem não chegou na terceira temporada:

Entendendo: A Muralha, A Patrulha da Noite e Os Selvagens

Vídeo 2 sobre Wargs e Visão Verde, clica aqui

Dica 3: A série de TV

É claro que é mega mais fácil assistir na TV. A adaptação dos livros para tv é feita pelo HBO. Ou seja, é qualidade de cinema =) É tudo muito bem feito, cenários, locações, figurino, fotografia, roteiro e por ae. Como se trata de HBO, eles deixam rolar bastante cenas de batalha sangrentas (e incríveis!), pessoas peladonas e cabeças cortadas. A primeira temporada eu assisti sem ler o livro, mas eu queria saber mais. E minha curiosidade me fez pegar o primeiro pra ler e agora já estou no terceiro.

Você encontra os livros nas bibliotecas de SP
O terceiro livro que eu estou lendo é emprestado da Biblioteca, então não tem desculpa para não ler. Você pode consultar qual biblioteca perto da sua casa tem o livro e ainda verifica se ele está disponível.
Você pesquisa aqui: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/
Se você não faz ideia de qual biblioteca é perto da sua casa, é só você buscar por região. E super funciona esse lance de buscar o acervo da biblioteca.

Imagem026

Na imagem estão: Minhas anotações de nomes de personagens, caminhos e etc. Coisas que eu vou anotando durante a leitura para lembrar de procurar ou até mesmo lembrar depois quem são as pessoas. O livro ^^. E a Super Interessante especial sobre a série, que eu ganhei de uma amiga e foi lançada em Janeiro de 2013. Confesso que eu não li inteira, pois têm spoiler. Então utilizo mais para me entender com os mapas.

Os sentimentos vão mudando conforme a leitura. E uma coisa é certa, os livros não são óbvios. Sabe aquele livro que você torce para um personagem chegar ao seu destino e ser feliz para sempre. Então… em As Crônicas de Gelo e Fogo é bem provável que ele se perca no caminho, e não digo apenas no sentido físico da parada, mas sim no sentido do coração (oww!) ou esse seu personagem amado acabe perdendo a cabeça antes de chegar ao destino final. Mas é uma leitura envolvente, que vai conquistar sua atenção a cada historinha.

Lavanda

23 jun

Estava atrasado para o trabalho. Entrou no metrô e foi levado até a plataforma de embarque, involuntariamente pela multidão. Não entrou no primeiro, nem se quisesse, não caberia nem um pensamento lá dentro.
Pensou que seria ótimo deixar os pensamentos dentro do vagão e vê-los ir embora. E continuou parado na plataforma, olhando as pessoas entrarem e saírem.
Encostou na parede porque não aguentava mais tanta trombada. Sentiu que estava incomodado. Sempre a sensação era de que ele incomodava as pessoas, agora ele vive numa situação inversa, as pessoas que o incomodava.

Um trem passou, e outro, e outro. E ele continuou parado. A multidão foi diminuindo, o que ele achou ótimo, já que queria observar as pessoas. E entender o que as fazia pegar o trem.
Queria uma aventura, era isso? Se perguntou.  Mas pra começar uma aventura, era só entrar no trem.
Uma voz o chamou e ele saiu daquele transe maluco. Uma jovem, com uma trança no cabelo e um chinelinho de hippie. Aqueles feitos por pessoas que tecnicamente largaram tudo para viver da arte. Isso era mentira, ele sabia. Já que uma vez viajou e viu a transformação de uma hippie. De noite ela era toda “natureba” no modo de se vestir e vendia bijuteria na praia. E na manhã seguinte ele a viu entrando na padaria com roupa de marca, banho tomado e pagando a conta com um cartão de débito. Ele por uns segundos percebeu que tinha ignorado a menina. Mas ela ficou parada ao seu lado esperando uma reação. São 9h15 ele respondeu.

Outro trem chegou, ela continuou parada. Ele percebeu que ela estava esperando ele se movimentar. Então ele forçou um sorriso e disse: – Pode ir, eu não vou nesse.
Ela se acomodou na parede, sorriu naturalmente e disse: – Eu também não.
Ele não estava afim de papo, mas ela tinha cheiro de lavanda. Esse cheiro o intrigava, na onda de perfumes chiques, como uma pessoa podia simplesmente cheirar lavanda. E ficaram em silêncio por vários minutos. E o mais incrível é que aquele silêncio não o incomodava e parecia que a ela também não. Os pensamentos loucos já não estavam mais em sua cabeça. Ele só conseguia pensar na palavra lavanda. E depois na trança e depois no chinelo. Quando acordou novamente de outro transe, percebeu que estava encarando a menina de uma forma estranha. Esperou que ela saísse correndo, mas pelo contrário, ela sorriu. Ele tentou pensar em algo para puxar papo. As amenidades do dia: Tempo, São Paulo, Novela. Achou que tudo seria irrelevante.

Então soltou a palavra que estava na sua cabeça: Lavanda. Ela sorriu e confirmou que era o perfume que estava usando. E foi assim que começaram uma conversa sobre: flores! Nem ele sabia que entendia tanto de flores. E no meio da conversa ela soltou, estou com sede de café. Uma sede específica, ele sorriu. Ele não bebia café, mas confirmou que seria uma boa.

Então outro trem chegou e ela entrou primeiro e ficou parada na porta esperando a vez dele. Ele deu um passo à frente, hesitante. O sinal sonoro de fechamento das portas ecoou pela plataforma. E ele deu outro passo. Quando já estava próximo de perder novamente o trem, ele correu e conseguiu entrar. A porta machucou seu braço. Ela sorriu e passou a mão no local que a porta o acertou. Ele não conseguia se mover. Ela então sentou e ele percebeu que o local que ela o tocou agora também cheirava lavanda. Ele sentou-se ao seu lado e se apresentou. Ela em resposta disse:

- Prazer me chamo Jasmim.

Monstros S.A. (Monsters Inc.)

22 jun

monstros sa

Boo: Mike Waszowski.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=iRh2kF-1X2E

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: